quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Nem tudo que reduz, é ex-gordo!

Em tempos que se fala tanto em esportes por causa das Olímpiadas, a primeira medalha de ouro daqui do blog, irá sem dúvida para nosso amigo-ex gordo-rolha-de-poço, Gump.
Seu maravilhoso desempenho para encontrar tantos adjetivos(para nós gordos), nos fazendo ficar mais deprimidos do que já somos.

Na entrega da sua medalha, certamente te daria um junto uma dedada no zóio e um tapa na cara, para deixar de falar mal de nós, criaturas, um pouco ou talvez muito acima do peso.
Dedada no zóio, para ver se a gordura vaza pelo olho, afinal, dizem que olho gordo existe, e um tapa na cara...bom não sei porque um tapa na cara dele, nunca precisei de motivos para maltrata-lo.





A verdade é que: ninguém gosta de ser gordo, nem é gordo por opção. Somos gordos por todos esses motivos que o Chris citou, e muitos mais outros, que esse cidadão que além de gordo e loiro, esqueceu de citar.

Filhadaputice à parte, duro mesmo, é naqueles dias que sua estima está péssima e alguém diz frases do tipo: “Você pode estar gordinha, mas o importante tem rosto lindo!” Ou “ Ah, exagero seu! O que vale é o que a pessoa tem por dentro (sem se referir a banha interna)” e por aí vai...

Ódio! daquelas pessoas que se achando um endocrinologista, te indicam medicamentos para inibir apetite, queimar gorduras e tudo do gênero, tudo isso enquanto você saboreia um Bigmac com Big batatas fritas e uma coca cola diet, para não engordar, claro!

Tenho uma vontade quase que doentia de quebrar ao meio, aquelas pessoas, que são mais magras que eu, que sabe que são, e ainda assim, dizem:" Nossa! Como estou gorda! Preciso fazer uma dieta!"




Contar calorias virou moda, onde as pessoas não perguntam o que a outra come, e sim, quantas calorias digere por refeição ou dia.
E as grandes estrelas da TV, que num dia aparecem gordas e uma semana depois magérrima.
Qual o milagre delas?? Ah, elas fazem uma dieta macrobióticas, ou a dieta dos pontos, naquela, que se ela comeu 2 grãos de feijão a mais no almoço, isso resulta tantos pontos a mais e para compensar os pontos, 3 grãos de arroz a menos no jantar.

Tem também aquela dieta da proteína, que a idiota vegetariana tentou, depois de passar por todo tipo de dieta, e o que mais me vem na lembrança, eram os arrotos de cinco em cinco minuto com gosto ou será odor?? de mortadela, com picanha e salame.

E os shakes milagrosos??? Fulano só toma aquela porcaria e acha que esta emagrecendo graças à ele, ai para de tomar o desgraçado e engorda o dobro, pois as lombrigas não foram adestradas nesse meio tempo e mais do que nunca, estão sedentas por guloseimas.

O melhor mesmo, foi aquele aparelho que chacoalhava o gordo e prometia depois de 15 minutos diários, um corpo definido, digno de qualquer modelo de moda.
Álias, é deprimente aquelas modelos com até 30 quilos abaixo do peso considerável normal, que se equilibram em suas perninhas que mais parecem duas varetinha e ainda assim, cheias de celulites! Ufa! Pelo menos sabemos que celulite não é coisa só de gordo!



As Modelos Kate Moss e Daniela Sarahyba

Nos supermercados, ficamos zonzos com tantos lights e diets nas prateleiras, só que o que não explicam, é que à custa do que na sua saúde, você pagará mais caro por aquilo e consumirá menos calorias.

Definitivamente ser gordo tem seu lado bom! Mesmo não podendo usar certos tipos de roupas, pois podem parecer umas capas de botijão de gás, vivemos bem, comendo sem neura, (sem exageros, por favor, nem só por causa da aparência sofre o gordo, mas também de várias doenças relacionadas) e como diria meu sábio avô: “Da vida, a única coisa que levamos, é a barriga cheia”.

Seja gordo ou magro, seja autêntico, saudável e feliz sempre, pois bonito ou feio, um dia você irá para debaixo da terra e os vermes te devorarão, como você passou a vida devorando tudo, ou como você gostaria de ter devorado e não o fez, por priorizar sua aparência magra.




A "gordosfera" (fat-O-sphere) é uma espécie de fórum virtual resultante do aumento, nos últimos meses nos Estados Unidos, do número e popularidade de blogues escritos por gordos. Lutam pela aceitação da obesidade, defendem o direito ao peso a mais e reagem contra a discriminação que são sujeitos todos os dias. Kate Harding é autora de um dos mais populares blogues, Shapely Prose , do movimento pela aceitação da gordura. Este blogue faz referência a muitos outros da "gordosfera".( Retirado de um blog que não me lembro o nome...)

5 Comentários:

Blogger Doduti disse...

E tem gordo que é gordo na cabeça. Pode perder todo o excesso de peso e continua pensando como gordo. Se um dia eu vier a ser uma ex-gorda, serei desse tipo =P

28 de agosto de 2008 14:14  
Anonymous Claudinha disse...

Eu entendo um bocado desta coisa de pessoas que te indicam coisas para emagrecer, sabe? Eu tenho uma certa amiga nipo-brasileira que me viciou no famoso chá verde. Esqueci o nome dela, mas soube que anda por aí fazendo sabonetes com cara de comida que fazem os outros arrotarem bolhinhas e soltarem puns cheirosos...
Mas, deixando os puns a parte, esta história de quebrar pessoas magrelas é muito interessante sempre. Principalmente aquelas que são "magras de ruim": comem, comem e continuam "palitas". Esta Kate Moss dá medo, né? Vixi! Pra mim, homem que é homem fala que gosta de uma "carninha" pra me deixar feliz na hora do "vapt vupt", né? Ai ai... Sou mais a minha celulite do que a celulite das magrelas. Pelo menos, ela já está incorporada... no seu habitat natural! Hehehehe...
Adorei o blog! Beijoquinhas.

30 de agosto de 2008 07:09  
Blogger Lina disse...

Doduti- É verdade essa coisas de cabeça de gordo, eu sofro disso.
Penso em toda comida como compensação, como refúgio, como diversão e a culpa como punição.

Claudinha- Quem será essa tua maiga?? Me apresenta??rs
Tenho horror a pessoas magrelas que comem de tudo e não engordam um grama sequer!
Tenho uma irmã assim...rs
Kate Moss é só um diversos exepmlos das magrelas horrorosas!rs

30 de agosto de 2008 16:23  
Anonymous Christian Gump disse...

Muito bom! Tirando as dedadas nos meus olhos, é claro!!

E é impressionante que quase todo mundo que esteve acima do peso - ou aquelas pessoas magras que olham as modelos magérrimas e acham que ser daquele jeito é que é normal - já tentou essas dietas milagrosas. Inclusive eu, que cheguei a ter uma doença intestinal comum em homens acima dos 55 anos, mas a tive aos 30. Tudo por falta de fibras ao seguir a dieta da proteína. Ela me fez perder muitos kg em 2 semanas. E com esses quilos, foi-se também a alegria de viver. O primeiro prato cheio de carboidratos trouxe essa alegria de volta - bem como o peso!

E sobre esse negócio de pensar como gordo, eu sou assim. Malho na academia e faço dieta, pra perder a pança e, quando isso acontecer, poder comer até morrer sem ninguém ficar me apontando. hehe!

E eu tenho impressão que conheço essa amiga da claudinha... mas não lembro de onde!

2 de setembro de 2008 01:11  
Blogger Emagrecendo disse...

Adorei...!
Eu tb tenho essa ideia fixa de gordo "forever". Já consegui ficar magra uma vez, mas msm assim ainda me achava gorda e queria emagrecer mais e mais. Acho que na minha cabeça por mais magra que um dia eu possa estar vou ser A GORDA FOREVER.!
Sou tb do tipo, faço dieta por um tempo, emagrece facilmente, mas depois vem a vontade desvairada de sair comendo todas as guloseimas possiveis que me privei aquele tempo, e ai volta todos os quilinhos. E isso parece que nunca terá fim.! sempre a msma historia.
Bom... mas tenho fé que um dia conseguirei ser feliz, me aceitar, sendo gorda ou magra.!
Ps: tb tenho mto odio das magrinhas que falam na minha frente que vão fazer dieta pq estão gordas.! :@

30 de julho de 2010 16:46  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial