sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Gordos, muito prazer!

Vou começar o post explicando que me recuso a pertubar os leitores com imagens chocantes como meus colegas fizeram.

Quero morrer cada vez que ouço alguém dizer que amamentar emagrece! É comprovado que a amamentação em livre demanda queima mais de 500 calorias por dia. Seria ótimo, não fosse pela fome que triplica. Engordei com a gravidez, engordei amamentando, engordei quando parei de amamentar. Eu que nunca me preocupei com peso, comecei a ficar encanada.

Definitivamente, não sou uma pessoa saudável. Não sou muito chegada em verduras e legumes, sou extremamente sedentária, não tenho coordenação motora pra praticar nenhum tipo de esporte.



Ao contrário da maioria das mulheres, nunca fiz nenhum tipo de dieta. Dieta da sopa, do atum, do abacaxi, da proteína, do carboidrato, da banana, do shake, do peixe com chocolate. Nunca consegui ver lógica em sacrificar o PRAZER de comer por um corpo esbelto.



Passar uma semana tomando só sopa, comendo só atum, abacaxi ou banana? Realmente, depois do terceiro dia você não estará mais agüentando e prefere ficar com fome a continuar repetindo o cardápio. Vai emagrecer.



Carboidrato/proteína: não consigo viver sem nenhum dos dois. Extremamente carnívora, sou capaz de matar por uma picanha bem gorda, por um belo corte de porco. Extremamente japa: não vivo sem meu arroz.

E os shakes? Geralmente eles vêm em um kit pra uma semana onde você deve substituir todas suas refeições por um copo de shake ou uma caneca de sopa e não comer nada além disso. Caralho! Se eu substituir meu almoço por 200ml de milkshake de ovomaltine do Bob’s e meu jantar por um pacote de Vono e não comer nenhuma porcaria extra, o efeito será o mesmo!



Sempre falei que preferia viver 40 anos de esbórnia alimentar bem vividos do que 80 anos sob dieta de cardiologista. Considero comer um dos grandes prazeres da vida, arrisco dizer que só perde pra sexo. Talvez por isso, gordos costumam ser pessoas mais divertidas. Eles não ficam se preocupando em quantas calorias tem o molho da salada. Eles simplesmente desfrutam o prazer de comer, sem culpa. Mas nem por isso, você precisa chegar no tamanho “huge mother fucker” fazendo a famosa dieta do Big Mac com Coca Zero.




Pra encerrar, um texto muito legal que você já deve ter até recebido por e-mail. Não, ele não é da Fernanda Young nem da Patrícia Travassos ou do Machado de Assis. A autora desse texto é a Gabi, do blog http://casadagabi.com. Infelizmente o post original se perdeu com o weblogger, mas aqui ela fala um pouquinho mais sobre ele.



Ontem vi um outdoor da Runner, com a foto de uma moça de biquíni e a frase:
"Neste verão, qual você quer ser? Sereia ou Baleia?"

Respondo:

Baleias sempre estão cercadas de amigos.
Baleias têm vida sexual ativa, engravidam e têm filhotinhos fofos.
Baleias amamentam. Baleias nadam por aí, singrando os mares e conhecendo lugares legais como as banquisas de gelo da Antártida e os recifes de coral da Polinésia.
Baleias têm amigos golfinhos. Baleias comem camarão à beça.
Baleias esguicham água e brincam muito. Baleias cantam muito bem e têm até CDs gravados.
Baleias são enormes e quase não têm predadores naturais. Baleias são lindas e amadas.

Sereias não existem.
Se existissem viveriam em crise existencial:
"Sou um peixe ou um ser humano?"

Runner, querida, prefiro ser baleia!




*Este é meu post de estréia aqui no Mentes Psicodélicas. Quero aproveitar pra deixar bem claro que tudo que escrevo é verdade. Ou não.

8 Comentários:

Anonymous Claudinha disse...

Mmmmm... nem me fale dos Cookies! Vendo um parente por um punhado de cookies americanos, daqueles choc-chip. Fiquei com fome. E eu aqui tomando chá verde... humph!

30 de agosto de 2008 07:12  
Blogger Lina disse...

Doduti, Doduti...
Vc é a pior espécie de gordo!rs
Fica colocando essas imagens aí, e cá estou eu, sonhando com pizzas, tortas, bolos...
Adorei a da sereia! Prefiro ser baleia também! hehehehe

30 de agosto de 2008 16:24  
Blogger Fabi disse...

Em tempo: o shake das dietas não é de Ovo Maltine. É de pó de pirlimpimpim. Tem gosto de cimento. E sim, eu já tomei!

1 de setembro de 2008 14:39  
Anonymous Christian Gump disse...

Crueldade... me deixou com fome!

Bom, como eu não sou uma pessoa divertida, nem simpática, ainda estou tentando emagrecer de novo, pra poder comer de tudo de novo! hehe!

Essas dietas doidas não funcionam, a gente engorda rapidinho de novo, como você disse. O que eu faço é dedicar um dia da semana pra desencanar e ir a um rodízio. Isso funcionaria, se eu conseguisse dedicar mesmo só um dia da semana, ehhe! Na prática, são uns 3.

Bom, acho que dos blogueiros aqui eu fui o único a realmente ter algum problema por conta da gordura, então eu tenho mesmo que emagrecer. Pra ficar saudável e ter mais anos de comilança! hehe!

Não tenho mesmo nenhuma inveja daqueles caras que aparecem no globo repórter, que são totalmente ativos aos 100 anos e dizem que não comem pão há 40. Isso não é vida, então pra que eeles querem viver tanto?

2 de setembro de 2008 01:18  
Anonymous Anônimo disse...

eRa um nifico bAcon....uahsuausau...trabalhei nu mc donald´s e posso dIzer q existem mais pessoas q vc possa imaginaar adeptas dessa dieta...hsajhsjahs

mUItO bOm...

8 de maio de 2009 21:10  
Anonymous Anônimo disse...

e bem coisa de gordos msm escrever isso no fundo morrem de inveja das mulheres maravilhosas e admiradas por seu belos corpos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk baleias vao morrer frustradas e comendo é o q restas a vcs nesta vida mas quem sabe na próxima encsarnação não nasçam sereias lindas

26 de outubro de 2009 15:37  
Anonymous Carina disse...

O jogo de palavras é só um artifício para fugir à questão essencial: viver mal, ou viver com alguns esforços e feliz? Eu sou magra, tenho uma vida sexual activa e cuido muito bem de mim, ou seja, pratico desporto, como verduras, nao como fritos nem nada que me prejudique, excepções só pelo Natal. Não existe nenhuma estatística que comprove que os gordos têm mais humor que os magros, isso é uma besteira, apesar de nao ter nada contra os gordos, sermos delinquentes a esse ponto conosco é falta de Amor próprio!
É facto que existem pessoas magras e pessoas gordas e não podemos compará-las com baleias e sereias, é ridículo. Além disso ser magra, trás prazeres muito bons sim, o facto de termos bastante energia física, vontade de pular na cama, energia na própria cama com o parceiro ( a flexibilidade dá para fazer muita coisa), o prazer que é um jogo de volei, ou uma salada de frutas (muito boa sim) e o prazer que é ser assobiada e sentir-mo-nos desejadas pelos homens.
Eu vou dizer o que se passa contigo: fraqueza, falta de coragem para mudar!

19 de março de 2010 09:20  
Blogger Thata disse...

Meu comentario vai ser uma especie de pensamento contrário ao seu mas com base em fundamentos. Eu fiz dieta boa parte da minha vida todas as dietas possiveis impossiveis e inventaveis, chegou um momento que parei e pensava dessa maneira : nao vou abdicar meus prazeres pra viver a vida toda na dieta. fui engordando engordando, me sedentarizando cada vez mais...e quando vi tava com a glicose alterada. O que fazer nesse momento? optar pra uma vida saudavel ou me acomodar e debilitar minha saude? resolvi viver. entao to fazendo uma dieta to me exercitando diariamente, claro tudo eh sacrificio mas a questao nao é ser uma sereia, e sim saudavel, ter saude, ser feliz. uma vez na semana como algo que gosto. enfim essa é minha opiniao. digo isso com toda certeza do mundo gordura nao traz felicidade, falo isso nao criticando, pois quem sou eu pra criticar alguem? falo embasando minha experiencia de vida abraço

12 de abril de 2010 16:16  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial